sábado, 21 de janeiro de 2017

CARTAS NÁUTICAS.

Uma carta náutica é um mapa de determinada área navegável, ou não, seja esta área um rio, um lago ou um oceano. Uma carta náutica apresenta as profundidades, perigos isolados, localização de lajes e pedras, comportamento das ondas quando for o caso, indica locais de fundeio, além de mostrar todas essas informações e muitas outras sobre a área navegável elas também nos mostram informações importantes sobre a topografia da região terrestre adjacente (ficou bonito isso heim?), além é claro de nos informar coordenadas geográficas, uma carta náutica é um livro com muitos capítulos, personagens e muitas histórias em uma única página, por ser tão cheia de dados e informações as vezes fica difícil ler e interpretar uma carta náutica, nos próximos posts vou tentar explicar como eu interpreto as minhas valorosas cartas náuticas.

Curiosidade:
Antigamente, na época dos descobrimentos, as cartas náuticas eram protegidas por lei e só alguns capitães e reis podiam tocá-las.


Essa imagem ai em cima é o planisfério cantino de 1502, uma das mais antigas cartas náuticas conhecidas, nela podemos ver o Brasil e a linha do tratado de Tordesilhas. Apesar de ter ajudado os italianos, sim italianos, a conhecer melhor o mundo, essa carta ficou obsoleta rapidamente por conta das observações cartográficas portuguesas em suas navegações de descobrimento.
Havia no planisfério uma frase que coloca em cheque toda a história do descobrimento das Américas:
"Carta da navigar per le Isole nouam tr[ovate] in le parte de l'India: dono Alberto Cantino al S. Duca Hercole" ("Carta náutica das ilhas NOVAMENTE descobertas na região da Índia: dado por Alberto Cantino ao Sr. duque Hercule"). Se foram novamente descobertas indica que alguém já tinha descoberto antes não é?

Corre na boca pequena da história que Cristóvão Colombo possuía um conjunto de cartas náuticas com todos os continentes do planeta, quem as deu é um mistério.

A despeito de que Colombo descobriu as Américas, há indícios de que os Vikings já tinham chegado as Américas no ano 1000, inclusive levantando assentamentos.

De 1502 prá cá muita coisa mudou nas cartas náuticas e hoje qualquer pessoa tem acesso a elas, e pra nós, navegadores descobridores de ilhas paradisíacas e os  bares fantásticos que lá existem com suas especiarias alcoólicas, as cartas náuticas são sinônimo de segurança na navegação e a certeza de que chegaremos felizes e vitoriosos a novas terras inexploradas (por nós é claro).

Antes de explorarmos as cartas náuticas modernas é necessário um certo conhecimento da projecção de Mercator, e é esse o assunto do novo próximo post, até lá.

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Até 2017




A tripulação do Veleiro Vivre, deseja a todos os amigos boas festas.

Hoje encerramos as atividades do blog para descansar um pouco, em fevereiro de 2017 estaremos de volta com muito conteúdo se Deus assim permitir.

Gostaria de agradecer o carinho, a parceria e as visitas de todos os tripulantes do blog.

Bons ventos a todos!

sábado, 29 de outubro de 2016

AVISOS AOS NAVEGANTES


"
Os "Avisos aos Navegantes" são publicações periódicas, editadas sob a forma de folhetos, com o propósito principal de fornecer aos navegantes e usuários em geral, informações destinadas à atualização de cartas e publicações náuticas brasileiras, consoante o preconizado na Regra 9 do Capítulo V da Convenção Internacional para a Salvaguarda da Vida Humana no Mar (SOLAS/74).
"
Trecho retirado do site da Marinha do Brasil.
Assim a marinha define os avisos aos navegantes.
Todos os navegantes devem estar atentos aos avisos, todos os avisos já emitidos desde 2002 até hoje, podem ser visualizados e "baixados" em formato PDF através do endereço:


São 3 os folhetos de avisos aos navegantes, são eles:

E ainda temos mais 2 publicações relacionadas:

Os avisos aos navegantes podem parecer confusos em uma primeira olhada, nada que um pouco de estudo não resolva.
É fundamental um bom conhecimento dos avisos aos navegantes, principalmente para manter suas cartas náuticas atualizadas.
Suponhamos que na sua região ocorreu um naufrágio e a embarcação que foi a pique oferece risco a navegação, esse acontecimento com certeza vai constar no próximo aviso aos navegantes e indicar a localização exata do perigo para que você faça a marcação do perigo na sua carta náutica.

Achei interessante entrar neste assunto antes de iniciarmos um estudo detalhado sobre interpretação, manutenção e atualização de cartas náuticas.

Até o próximo post.